Glasnost – o verdadeiro significado

Compartilhe com seus amigos
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gostaria de esclarecer dois termos que veremos no decorrer do texto:
Tzar: Título dos antigos imperadores da Rússia.
Kremlin: Conhecido também como Kremlin de Moscovo ou Moscou, se localiza na Rússia e é um complexo fortificado no centro da capital Russa, nas margens do rio Moska ao sul, com a Catedral de São Basílio e a Praça Vermelha ao leste e a oeste do Jardim de Alexandre.

O termo foi amplamente usado após passagem do ditador tirano Nicolae Ceauşescu por Moscou, conversando sobre estratégias de relações públicas com o líder soviético Leonid Brezhnev e seu chefe da KGB, Yuri Andropov. Brezhnev e Andropov acreditavam que o Ocidente tinha alcançado a maturidade para ver um líder comunista sem muita resistência.

Para tanto, eles queriam construir uma imagem positiva de Ceauşescu, mesmo Nicolae ter sido responsável por mais de 60 mil mortes, durante 24 anos de tirania do povo da Romênia. Entre 1929 e 1952, sob os conselhos de Josef Stalin, Nicolae Ceauşescu, construiu uma prisão, onde torturou e matou mais de 2000 pessoas com o intuíto de destruir a elite do País.

Ou seja, o termo GLASNOST significa mentir. Criar uma falsa imagem positiva de algo ou a alguém.
Por conhecimento popular, Mikhail Gorbachev levou o título por ter inventado tal conceito para descrever seu esforço de levar a União Soviética “para longe do estado totalitário e em direção á democracia, á liberdade, á abertura”, como Gorbachev descreveu. Toda mídia e a maioria dos especialistas, até os órgãos de Defesa Ocidentais acreditam nisso. Gorbachev foi premiado com o Nobel da Paz.

Mas na verdade, GLASNOST é um termo russo para o ato de polir a imagem do governante. Originalmente, significa, de maneira literal, fazer publicidade. Autopromoção.

Em meados de 1930, meio século antes da GLASNOST de Gorbachev, a enciclopédia oficial soviética definia o conceito como uma deturpação da notícia lançada ao público. A característica de ter tornado a notícia acessível à discussão pública ou manipulação.
Desde o Ivan O terrível no século XVI, o primeiro governante ase tornar Tzar de todas as Rússias, todos os líderes desse Pais se valeram da glasnost pra se promover dentro e fora do país.
Glasnost é vista como ferramenta da magia negra para desinformação e era usada para santificar o líder do país e induzir hordas de esquerdistas ocidentais a acreditar. Para os comunistas, só o líder importa.

Glasnost é um dos segredos mais secreto do Kremlin e certamente uma das principais razões para manter os arquivos da inteligência estrangeira da KGB ainda hermeticamente fechados.

Fonte: livro Desinformação. Editora: Vide Editorial. 1ª edição, Novembro de 2015

About the Author

Camila Abdo
Jornalista (MTB - 0083932/SP; Associação Brasileira de Jornalista -ABJ- 2457). Escrevo para: -oretrogrado.com.br -www.libernews.com.br e o meu blog pessoal politicaedireito.org/br

Be the first to comment on "Glasnost – o verdadeiro significado"

Deixe uma resposta