Mulher é presa por fazer sexo com filho de 11 anos

Compartilhe com seus amigos
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Operação Luz na Infância em Curitiba prendeu uma mãe de 33 anos que praticava relações sexuais com o próprio filho, de 11 anos, e gravava com a câmera do celular. A mãe encaminhava os vídeos para o companheiro, de 43 anos, também preso na Operação. Além do casal, outras quatro pessoas foram presas por manter em computadores vídeos de pornografia envolvendo crianças e adolescentes. As prisões foram comandadas pela Polícia Civil do Paraná, em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), deflagrada no início da manhã desta sexta-feira (20).

As investigações contra a mãe, que mora com o companheiro e o filho no bairro Boqueirão, começaram a partir da denúncia do pai da criança. Ele procurou a polícia ao ouvir o relato do filho, de que a mãe praticava sexo oral nele. “Quando vimos os vídeos, nos causou um choque ver que, além disso, tinha conjunção carnal. Estava no vídeo, indiscutível. (…) A mãe praticava atos sexuais com o próprio filho de 11 anos e filmava o ato. Ela encaminhava via celular para o padrasto”, revelou o delegado do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria), José Barreto, em coletiva de imprensa.

O vídeo reproduz cenas chocantes até mesmo para os policiais envolvidos na operação. “Infelizmente, há casos de abusos sexuais contra crianças, mas nunca vamos imaginar que a mãe está envolvida e cometa esse tipo de ato, o vídeo é chocante”, lamenta o delegado.

Segundo investigadores, a mãe da criança é garota de programa e foi presa no bairro Xaxim. “A princípio, não sabemos se havia comércio desses vídeos, mas sabemos que estavam nas redes. Isso acontece com a criança desde maio, pelo que temos conhecimento”, detalhou Barreto.

A criança foi encaminhada ao Centro de Psicologia do Nucria para ser acompanhada por profissionais. O casal vai responder por estupro de vulnerável, por pedofilia, conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a mãe ainda responde pelo ato de filmar, artigo 40, o padrasto de transmitir e até mesmo rufianismo, já que o homem pode ser responsável por explorar a mãe da criança.

Outras prisões

Outras quatro pessoas foram presas com arquivos em computadores contendo vídeos de pornografia envolvendo crianças e adolescentes. “A maioria dos arquivos que vimos são internacionais, trazidos por meio da internet. Eles faziam permutas por meio da internet e traziam esses vídeos para cá. O simples fato de possuir esse material dentro do computador já caracteriza pedofilia”, explica o delegado Demétrius Gonzaga, do Núcleo de Combate aos Cibercrimes (Nuciber).

O ideal é que qualquer pessoa que receba um vídeo, contendo cenas de pornografia com crianças e adolescente, comunique a polícia. “Temos que ter em mente que esse material tem uma origem e na desses vídeos tem sofrimento, tem destruição na vida da criança. Não há que se fechar os olhos para essas condutas e que circule livremente como se fosse um material banalizado como qualquer outro”, finalizou o delegado do Nuciber.

Vídeo

O vídeo abaixo foi divulgado pela Polícia Civil durante a Operação e mostra o momento em que um dos mandados de prisão é cumprido na casa de um homem que possuía vídeos de pedofilia em computadores.

As informações são do portal BandaB

Be the first to comment on "Mulher é presa por fazer sexo com filho de 11 anos"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*