Feminista faz post “lacrador” com falsas acusações, é intimada em 36 mil e faz retratação em rede social

Foto publica no facebook https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1645246702181894&set=a.149442625095650.23455.100000897408841&type=3&theater
Compartilhe com seus amigos
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A feminista Bianca Furquini esteve recentemente envolvida em uma decisão de acordo judicial onde se retratou publicamente devido a ter feito falsa acusação de assédio machismo e agressão.

A acusada fez o post público no facebook com os seguintes dizeres:

“Eu Bianca Francine Baptista Furquini por intermeio do presente ‘post’, venho me manifestar perante toda comunidade que, infelizmente, em data próxima passada publiquei texto no qual nominei Jorge Moreira do Egito de forma machista e reacionária. Tal manifestação foi fruto de um gesto momentâneo e impensado que, embora tenha lhe causado transtornos morais e éticos não tenha sido por mim avaliado no momento. Com isto, espero ver sanadas toda questão que envolveu o problema entre nós verificado, servindo presente como correção das penalidades morais que lhe foram indevidamente impostas.”

O post que gerou o processo:

“Oi gente turubom? vamos falar sobre macho escroto? VAMOS.
Bom, tudo hoje começou numa festa em Abril, esse cara bonito da foto, bem vestido,
machinho que a gente da like no tinder, me encheu o saco a festa toda querendo
que eu ficasse com ele, eu não quis – olha que coisa não é mesmo, logo eu- e mesmo asim ele me pertubou,
me mandou mensagem no wpp, achou que iria me conquistar dizendo o quão pró feminismo ele era
(na época fiz textão falando que o homem pode ate falar que é pro feminismo mas não aguenta ouvir um não),
só que o cara simplsmente não me deixou em paz, tinha um discurso que a mãe era professora na UFMG,
de que ele cantava bem, até gravou uma musica dos beatles e me mandou pelo wpp… como se a mae dele
sendo professora fosse me fazer dar pra ele… so que, eis que um diam descubro que ele namora uma mina
da minha sala (que obvio não falarei o nome mas que, infelizmente, saberão quem ela é).
HOJE, estava eu nunca festa com o meu namorado, e o cara não para de olhar pra gente, fiquei incomodada,
vou ao banheiro e ele vai atrás… fico sabendo que ele me odeia, e que geral tava me falando o quanto ele me
odiava… PERALÁ, o cara me odeia pq? pq dei um fora no mocinho playboy filho de professora da ufmg????
como eu tava acompanhada do meu namorado, ele caçou rolo justo com o paz e amor do luisão, enfim…..
quando eu questionei pq ele tavava falando de mim pro rock todo, ele diz pra eu ficar na minha e que
ele não me conhecia LOGO EU JORGE, A RAINHA DA TRETA? comentei que tinha print dele dando em cima de mim
enquantto tava namorando, ele gelou e seguiu em frente me xingando, eu linda e calma que sou
dei uma lava de breja bem gelafa na cara dele, (ai a mina s a bianca)… passa que perguntaram
se queriam que tirasse ele da festa, falei que não, achei que tava tudo em paz….
POIS O MACHO DOÍDO VOLTA A CAÇAR ROLO COMIGO E COM MEU NAMORADO, deixo quieto…. na hora
de ir embora, olha ele querendo bater no meu namorado… obvio que vou tirar satisfação e dar
na cara dele…

momento hardcore:
ELE ME AMEAÇA DIZENDO QUE NÃO VAI BATER EM MIM ALI, MAS
MANDOU FICAR ESPERTA QUE ELE CONHECE GENTE…
Jorge, você conhece quem? os cara que vende a maconha pra você??????
bom Jorge, eu não tenho medo de você, dos caras no qual você compra essa sua droga
não tenho medo de macho, muito menos de macho escroto que ameaça mulher
Deixo aqui uma foto do jorge, cuidado com ele garotas, diz ele que a mae é
professora da ufmg e que ele conhece uma galera da pesada… vai que ne rs

ele me bloqueou no facebook NAO SEI PQ rsrsrssr
mas deixo aqui o link tb caso vcs tenham duvida de quem ele é
machistas não passarão, principalmente machista que ameaça.”

O que diz Jorge, vítima da acusação:

Em entrevista exclusiva para o Liber News jorge diz:

“Hoje em dia, com a rapidez e o grande alcance das redes sociais, vivemos em um mundo no qual uma informação errada pode acabar com a vida de uma pessoa. Muitas vezes, aqueles(as) que se escondem atrás de uma tela de computador e se dedicam a espalhar boatos ou criar falsas polêmicas (seja para chamar atenção, ter ibope ou apenas por falta de empatia) não têm noção sobre o quanto prejudicam outras pessoas. Já vi diversos estudantes chegando ao ponto de trancar o curso por conta da exposição, vítimas de falsas acusações e especulações midiáticas, produzidas por alguns homens e seu machismo enraizado, ou por mulheres que se dizem feministas, mas são tão opressoras quanto o que dizem combater. Eu fui acusado de agressão, ameaça e machismo. Procurei o escritório de advocacia S&S – Advogados Associados, que imediatamente explicou os meios legais. Me aconselharam a fazer as coisas de maneira ética, me protegendo e não prejudicando ninguém. Acabamos fazendo um acordo com ela para que fizesse a retração. Enfim, foi um período muito difícil. Fui acusado e julgado por muitas pessoas e isso teve muitas consequências em minha vida que são impossíveis de reparar. Não desejo que ninguém passe pelo que eu passei. Nem mesmo ela. Tive ótimos advogados que me aconselharam e me acompanharam por todo o caminho, me fazendo entender que não se combate um mal feito com outro mal. Minha intenção sempre foi apenas restaurar a minha imagem perante a sociedade e, principalmente, a comunidade acadêmica da UFOP. Nunca quis me vingar dela ou prejudicá-la. Lamento que ela esteja passando por essa exposição. Por experiência própria posso dizer que é uma sensação muito ruim.”

Ainda em um segundo momento de conversa com o mesmo:

“Ela me agrediu, eu não reagi. Ignorei totalmente, registrei boletim de ocorrência. E ela escreveu que eu agredi e fui super machista. Dai as amigas feminista dela todas começaram me expor”
“Deu uma copada de cerveja em minha cara e depois bateu em minha cara”
“Eu perdi amigos, namorada, fora que moro em uma cidade muito, muito cheia de feministas. Aqui é pesadíssimo os cursos de Humanas.
E tem advogados que não sabe bem tratar ainda dessa situação pois são crimes novos
Mas felizmente conheci o escritório S&S- Advogados Associados – Mariana-MG que me ajudaram muito, eles são ótimos.

 

 

1 Comment on "Feminista faz post “lacrador” com falsas acusações, é intimada em 36 mil e faz retratação em rede social"

  1. Conteúdo patrocinado de um escritório de advocacia? O Estatuto da OAB proíbe isso, sabiam? A OAB de Minas Gerais vai ficar sabendo disso

Leave a comment

Your email address will not be published.


*