Mulher mata marido por overdose de insulina após tê-lo espancado

Mulher mata marido por overdose de insulina após tê-lo espancado

Compartilhe com seus amigos
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Kinuko Wakui (53), desempregada, residente em Urawa, na cidade de Saitama (província homônima), foi presa pela suspeita de assassinato do próprio marido, Toshio (70), de mesmo sobrenome, por overdose de insulina após tê-lo espancado diversas vezes na cabeça e no pescoço em junho deste ano.

Wakui, que foi diagnosticado com diabetes, injetou em seu marido o remédio à base de insulina prescrito por seu médico para o tratamento da doença. A suspeita confessou o crime aos policiais. “Pensei em matar meu marido e injetei insulina (nele)”, disse Wakui.

Esta é a segunda prisão da suspeita. Um mês após o assassinato, Wakui foi presa sob suspeita de abandono do corpo de seu marido.

Segundo as autoridades, Wakui havia confessado que matou seu marido em delegacia próxima de sua casa instantes após o incidente. Contudo, os policiais tomaram a inadequada atitude de ordená-la retornar para casa e não investigar o caso, estendendo as investigações.

Portal Mie

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *