Time de futebol da Arábia Saudita se nega a homenagear vítimas de ataque em Londres e causa revolta nas redes sociais

Time de futebol da Arábia Saudita se nega a homenagear vítimas de ataque em Londres e causa revolta nas redes sociais

Compartilhe com seus amigos
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

À medida que o time de futebol australiano se alinhara para cumprimentar as vítimas do ataque terrorista de Londres durante um minuto de silêncio em uma partida de qualificação para a Copa do Mundo, seus opositores da Arábia Saudita não o fizeram, provocando raiva nas mídias sociais.

Enquanto um anúncio ressoou em todo o estádio, deixando claro o que estava prestes a acontecer, os jogadores australianos se alinharam e se abraçaram.

“Paramos para lembrar todas as vidas perdidas, todas aquelas famílias e amigos afetados por essa terrível tragédia e em particular, refletimos sobre a perda de duas jovens mulheres australianas que viviam e trabalhavam em Londres”, disse o locutor.

No entanto, os jogadores sauditas não se alinharam, e alguns foram vistos vagando pelo campo.

Os fãs irritados foram para as redes sociais para expressar sua fúria com a equipe saudita, com um usuário dizendo que espera que a Federação de Futebol da Austrália (FFA) “chame” a Arábia Saudita pela “clara falta de respeito”.

Outro usuário escreveu que “algumas coisas são maiores do que o futebol”, incentivando a equipe saudita a “mostrar alguma classe”.

Uma pessoa disse que mostrar o respeito pelas vítimas não era “difícil”.

O usuário do Twitter @ StDelta1873 acusou a equipe saudita de “andar por aí como se não deram a minima …”
No entanto, uma pessoa veio rápido para defender a equipe, dizendo que eles vieram de outra cultura.
As duas vítimas australianas, Sara Zelenak e Kirsty Boden, estiveram entre oito pessoas mortas no ataque do sábado em Londres. Quarenta e oito outros ficaram feridos no ataque.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *