Editora de página anti-feminista recebe ameaças de censura por movimentos em “defesa da liberdade da mulher”

Compartilhe com seus amigos
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma das editoras da página anti-feminista “Moça, não sou obrigada a ser feminista“,  Thais Azevedo, Está sendo processada por uma feminista que pede pelo fim da página pelo “teor opressor” e aproveitando a viagem judicial, preparou duas palestras sobre o tema que tem gerado controvérsias por grupos que defendem a “liberdade da mulher”.

Após anunciar a viagem judicial e o evento, Thais Azevedo, 33, professora e militante anti-feminista sofreu intimidações nas redes sociais, twitter e facebook através de um evento feminista que está tentando impedí-la de palestrar nas universidades PUC-GO e UFG (universidade federal de goiás).

“Estou aqui preparando a minha palestra e recebendo vários prints de gente querendo que eu não fale em suas universidades em Goiânia. Inclusive, depois de promoverem uma caravana para IMPEDIR a minha fala (tenho prints e áudios que mostram que eles usariam de violência), um grupo de feministas “democráticas e a favor da mulher” está mudando de tática, irão boicotar o evento e promoverão um evento no mesmo horário e no mesmo lugar!!!” Disse Thais.

A “caravana” feminista em “defesa da liberdade da mulher” está organizando um evento para que uma mulher seja impedida de falar.
Abaixo, alguns comentários das redes sociais:

Image may contain: text

O evento ocorrerá no dia 05/06 a partir das 17:30. Caso tenha interesse procure mais informações no link do evento.

Leia Também:

 

1 Comment on "Editora de página anti-feminista recebe ameaças de censura por movimentos em “defesa da liberdade da mulher”"

  1. Feministas, fazem seu papel e não encham o “saco” de quem está fazendo o seu. Quer ser feminista, seja, mas seja mulher suficiente pra isso. Quem disse que tem que boicotar ou agredir as pessoas que não concordam com suas ideias. Vão trabalhar, que o que parece é falta de serviço.

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Liber News

Leave a comment

Your email address will not be published.


*